Somos todos, Universos
Rapidamente ou não,
sempre em expansão.
Somos pó, luz e cor.
V Í V I D O S
Somos cheios e complexos;
Repletos de estrelas,
embora nem sempre arrumadas em constelações,
e tudo bem estar assim.
somos TODAS as coisas em uma coisa SÓ.
Somos   i    n    f    i    n    i    t    o    s .
Somos todos, Universos
E por assim sermos, 
deixamos sempre um pouco do nosso por aí,
levamos sempre um pouco dos outros por aqui.
E com os universos que hão em nós,
vamos construindo, juntos,
o MAIOR universo de todos,
a VIDA.
Resultado de imagem para garota na chuva tumblr





Sem querer, te vi
Mais do que o sorriso que contagia;
a risada que encanta;
a simpatia que emana;
Bem mais do que os olhos podem ver

Sem querer, te conheci
Mais do que só um garoto do interior;
que só um coração bondoso;
que só um ser humano generoso;
Bem mais do que a mente pode conhecer  

Sem querer, te quis
Mais do que querer por perto;
pra sempre;
pra mim;
Bem mais do que o coração pode querer

Sem querer, senti
Quando te vi, conheci
Quando te conheci, quis
Quando te quis, senti
E sentindo, entendi

Sem querer, entendi
Entendi o que é o ver, conhecer,
querer, sentir;
gostar.
Sem querer.








As luzes, os sorrisos, as pessoas ao redor nos assistindo.
Braços entrelaçados, estamos andando
Mas é mais parecido com flutuar.
Você e eu.
Tudo parece tão certo.
O mundo finalmente em eixo.
É isso possível?
Tanta gente ali
E eu só via você, a gente
O que nós poderíamos ser
O que nós poderíamos ter
Você vê o que eu vejo?
Sente o que eu sinto?
É como se tudo tivesse me levado até ali
àquele momento, àquele lugar, àquele sentimento 
É como se uma janela à muito fechada fosse aberta
E você estivesse do outro lado
Sorrindo
Mas então há o vidro que nos separa
Você consegue me ver?
Eu bato no vidro: Eu estou aqui!
Consegue me ouvir?
Continuo aqui
Sem saber como atravessar o obstáculo
Mas também sem desistir
De você, de mim, de nós
Assim, espero o momento em que a janela do meu coração
poderá me ligar ao seu.




Eu poderia te amar
Se em meu coração eu pudesse entender
Que seríamos feito céu e mar
União fácil de se compreender

Eu poderia te amar
Se quando fechasse os olhos a sua imagem visse
Mas o que vejo só me faz pensar
Que o coração as vezes só faz idiotice

Eu poderia te amar
Se cada verso escutado me lembrasse você
Mas meus ouvidos não consigo programar
Pois do coração ficam a mercê

Eu poderia te amar
E assim tudo seria agradável
Mas quando o coração insiste em teimar
Torna a razão algo descartável

Eu poderia te amar
Se apaixonar-se fosse uma decisão
Já sabendo qual deveria tomar
Por que não tive escolha, coração?