E depois?

by 1:00 AM 0 comentários

Sempre ouvi dizer que a curiosidade é algo ruim. Pois bem, sou curiosa, não nego, e como tal, vivo sendo confrontada por inúmeras perguntas em minha mente, com mais frequência do que eu gostaria.
Não sei se é esse o seu caso, mas caso seja, você já se fez essa pergunta: E depois?
E depois que os anos passarem? E depois que você se formar no ensino médio e na faculdade? E depois que você já conquistou os seus sonhos? E depois que os seus olhos se fecharem e não mais abrirem? Já parou pra pensar em tudo isso? Pois bem, eu já.
Já ouvi dizer que o que move o mundo são as perguntas, e não as respostas. Concordo em número, gênero e grau. Como responder a tantas perguntas que ao nosso ver, que é tão limitado, parecem tão impossíveis? Como esperar por respostas que talvez nunca viremos a saber?
Sim, podemos fazer planos, é verdade, mas o que nos garante de fato que se tornarão realidade? Obviamente que devemos sim fazer planos e lutar para torna-los reais, mas nem tudo acontece como o planejado. Como diz uma frase de um dos melhores livros que já li:
"Aparentemente, o mundo não é uma fábrica de realização de desejos."  

Simples e direta. Essa é a realidade.
E então, como viver com tudo isso? Bem, a reposta é muito mais simples que a pergunta: Viva no presente. Sim, parece de fato uma resposta um pouco idiota, mas se você pensar bem, faz sentido. Tem tanta gente que vive sua vida pautada em um futuro que talvez nem venha a acontecer. Faz planos e mais planos e se esquece de que para que futuramente eles se tornem a sua realidade, é preciso começar HOJE.
Então, não se preocupe com o que virá depois que você terminar a faculdade, ou se quando você morrer as pessoas se lembrarão de você ou até se você terá o emprego x, morará na casa y e por aí vai. Para tudo há o seu devido tempo, e basta a cada dia suas próprias preocupações. E em relação as perguntas não solucionáveis, bem, esqueça-as. Elas sempre existiram e continuarão a existir. Um dia elas poderão ser respondidas... quem sabe? E para as mais fáceis, bem, comece procurando dentro de si as respostas que você tanto quer. Talvez elas tenham estado aí o tempo todo.

Tatiane Costa

Developer

Cras justo odio, dapibus ac facilisis in, egestas eget quam. Curabitur blandit tempus porttitor. Vivamus sagittis lacus vel augue laoreet rutrum faucibus dolor auctor.